A Erupção do Vulcão Calbuco

Martin Bernetti/AFP/Getty Images
Desde o ano de 1972 o Vulcão Calbuco, localizado no sul do Chile (país que possui cerca de 90 vulcões ativos), na região de Los Lagos, por volta de 1.000 quilômetros de distância da capital Santiago, não entrava em atividade (na época esta durou aproximadamente 4 horas). Neste dia 22 de Abril de 2015 (Quinta-feira), às 18h, o vulcão chileno voltou a entrar em erupção, a qual foi classificada como nível 4-5, de uma escala até 8.

Apesar de ter sido uma erupção de nível elevado, considerando suas outras atividades, não foram confirmadas pessoas prejudicadas pelo acontecimento, tanto por ferimentos ou desaparecimentos. Foi decretada estado de exceção por catástrofe pelo governo do Chile, o que acarreta no envolvimento das forças armadas para controlar a situação nas regiões mais afetadas pela erupção, como por exemplo a província de LLanquihue e a comuna de Puerto Octay.

Com todo esse caos criado a partir desse fenômeno da natureza, foram atraídos fotógrafos para registrar esse momento histórico e, de fato, impressionante, do vulcão mais perigoso do Chile. Além da grande coluna de fumaça e da presença da lava, raios foram vistos acima da erupção, adentrando a fumaça das cinzas e criando um efeito único nas fotos tiradas. Veja abaixo algumas delas: 

 Carlos Gutierrez/Reuters
 David Cortes Serey/AFP/Getty Images
 Carlos Gutierrez/Reuters
Incrível, não é mesmo? É claro que o caos cria uma grande parcela negativa em nosso mundo, mas às vezes esse mesmo caos pode nos apresentar vistas interessantes como essas acima. Espero que tenham gostado, até mais!

2 comentários:

Cleonildo Lucas disse...

São imagens realmente impressionantes. Valeu o post.

Cleonildo Lucas disse...

São imagens realmente impressionantes. Valeu o post.

Postar um comentário

O que você achou sobre esse post?