3 Filmes Sobre Romances Improváveis

Olá, pessoas! Eu nunca fui grande fã de filmes românticos, especialmente aqueles que não têm nada a mostrar além do drama vivido pelo casal até que no final ambos são felizes para sempre. Tenho certa aversão a filmes que possui, geralmente, muita enrolação para algo que é totalmente previsível. Pensando nisso, resolvi separar 3 filmes que já assisti e que me agradou muito por envolver romances que considerei bem improváveis.

Talvez a maioria de vocês já tenham ouvido falar ou até mesmo assistido a algum deles, contudo, para aqueles que nunca viram, eu recomendo bastante pois cada um possui toques sutis (ou não) de romantismo fofo, daquele que não é enjoativo, comédia e cenas choráveis. Sim, eu me emociono com coisas que talvez nunca aconteçam na vida real. Veja abaixo as minhas 3 indicações de filmes envolvendo romances improváveis:

Indie Movie Hit List

If your heart is yearning for a movie with totally satirical comedy and mind blowing scenes that will leave you asking “What the fuck just happened?”  for days, then it’s time to take a chance on these indie movies.
1.       Cloud Atlas – “Our lives are not our own. From womb to tomb, we are bound to others.”
A movie packed with drama, action, romance and its own fair share of “What the fuck?” moments. Cloud Atlas shows us a deeper perspective on people and life itself, while leaving you on the edge of your seat.
[[MORE]]
2.       Kill Your Darlings – “First Thought, Best Thought.”
The story of the early members of the Beat Generation during their college days in Columbia University. Trust me guys, you don’t need much of a synopsis, you just need to know Dane DeHaan is here. Yeah, Dane DeHaan.
3.       Juno – “I need to know that it’s possible that two people can stay happy together forever.”
Satirical humor and a geeky, yet ultra-cool cast. This movie just screams AWKWARD ADOLESCENCE.  A movie must-watch for every teenager out there. If you haven’t watched Juno, you my friend, are not truly alive yet.
4.       Her – “The past is just a story we tell ourselves”
If you think your relationship is complicated, then you obviously haven’t watched Her. With a rocking OST and beautiful characters, Spike Jonze gives you a new take on love between a man and an operating system.
5.       Ruby Sparks – “Falling in love is an act of magic.”
A quirky movie wherein a successful novelist writes his dream girl to life. Tons of adorable and squeal-worthy moments that will leave you wanting more.
What the hell are you waiting for? Pop that corn, get in those blankets and play that film!     
                                                                                                                                                                                                                              ✿ Jess ✿
HER

O primeiro filme que resolvi indicar é "Her", uma mistura de ficção científica e romance que deu muito certo. Conta a história de Theodore (Joaquin Phoenix), um escritor de um ramo meio futurista que se vê solitário até começar a se envolver com um sistema operacional (programa de computador) chamado Samantha (Scarlett Johansson). É um filme leve e suave, o que faz muitas pessoas o acharem meio parado e sonolento (o que eu discordo totalmente), tem vários momentos divertidos e de tensão envolvendo os personagens. Toda a história nos envolve de forma a pensar que tal relação entre um homem contemporâneo e um sistema virtual poderia ser real, uma vez que o roteiro foi muito bem escrito e envolve os conflitos de uma era tecnológica e sua relação com a humanidade.


RUBY SPARKS, A NAMORADA PERFEITA

Muitas pessoas criam a imagem da namorada perfeita e dedicam seu tempo tentando achar uma pessoa no mínimo parecida, não é mesmo? No filme "Ruby Sparks, a namorada perfeita" vemos Calvin (Paul Dano), um romancista que passa por um bloqueio criativo ao tentar escrever um de seus livros,  criar a "namorada perfeita" após escrever sobre uma personagem a qual é apaixonada por seu homônimo na história. Eis que de suas palavras escritas com tanta imaginação surge Ruby Sparks (Zoe Kazan) e a aparição dessa garota envolve a vida de Calvin em um romance totalmente inusitado. O filme trata muito da solidão e a obsessão por controlar as outras pessoas. Os personagens são incríveis, cada um com suas esquisitices; o enredo é muito interessante e intrigante, particularmente me lembra um pouco da vibe de "500 dias com ela" de uma forma mais poética e lúdica. 


A GAROTA IDEAL

Talvez, dos 3 filmes que indiquei nesse post, o mais tocante para a maioria seja "A Garota Ideal". Lars Lindstrom (Ryan Gosling) é um homem extremamente introvertido que vive na garagem da casa de seu irmão, onde ele passa a maior parte do seu tempo sem fazer nada de produtivo e evitando contato social ao máximo. A sua timidez o leva a tentar conhecer alguém somente pelo mundo virtual, e é lá que ele encontra Bianca, que para ele se trata de um grande e verdadeiro amor, mas para as pessoas se resume apenas em uma boneca em tamanho real feita de silicone. Levando em conta seus problemas de socialização e em achar algum propósito para sua vida, a família e amigos de Lars aceitam a boneca como se realmente fosse uma mulher de verdade, o que ajuda e faz a vida do protagonista muito feliz. Contudo, há muitas expectativas durante a história que nos deixam ansiosos e sensíveis para o que irá acontecer no final. Há muitas cenas curiosas que brincam com o nosso psicológico e nos deixam bem intrigados, mas de uma forma legal.

É isso, pessoas. Espero que tenham gostado! Até mais!

1 comentários:

Procrastinando Blog disse...

Um dos meus filmes preferidos de romance sempre será Ruby Sparks! Adoro os personagens e a interpretação incrível, além de tudo eu tenho uma quedinha muito estranha pelo Paul Dano hahaha

http://www.procrastinando.site/
Twitter: @procrastinand
Instagram: @procrastinand

Postar um comentário

O que você achou sobre esse post?