Resenha | La La Land - Cantando Estações



Olá, pessoas! A primeira resenha de 2017 é de grande importância pois se trata de um filme muito aplaudido pela crítica e pelo público em geral, sendo considerado um dos melhores filmes de 2016 nos Estados Unidos, levou vários prêmios desde a sua estreia no Festival de Cinema de Veneza e se tornou a obra com mais vitórias no Globo de Ouro.

Me considerei sortuda por La La Land, do diretor e roterista Demian Chazelle (Whiplash - Em Busca da Perfeição), ter sua pré-estreia no dia 12 de janeiro confirmada nos cinemas da minha cidade, já que todos os anos eu luto para conseguir assistir aos filmes que têm a possibilidade de ganhar uma indicação ao Oscar (o que no final se torna uma tarefa impossível por não disponibilizarem metade dos mesmos).


http://corbinleach.tumblr.com/post/155925398956
La La Land chegou ao Brasil com o subtítulo "Cantando Estações", que foi bem compreendido pois o filme é dividido em quatro segmentos representados por cada uma das estações, onde em seu desenvolvimento conta aos poucos a história de Mia, uma atendente de cafeteria localizado dentro de um estúdio de cinema e aspirante a atriz e de Sebastian, um pianista e amante de jazz que sonha com seu próprio clube. A forma em que os dois se aproximam, diante da empatia, do fracasso, dos gostos e objetivos distintos, é muito bem pensada através das canções e das próprias atuações executadas por Emma Stone e Ryan Gosling. É de se impressionar como os dois conseguem ser artistas tão completos, sabendo atuar, dançar e cantar de forma sucinta.


http://corbinleach.tumblr.com/post/155925398956
O diretor e roterista Demian Chazelle conseguiu criar uma verdadeira obra imersa de arte, com um domínio incrível da linguagem cinematográfica, incluindo uma história forte, direção firme e controle do seu elenco. A fotografia de La La Land é algo a se aplaudir de pé, repleta de cores deslumbrantes, jogos de luz e contrastes que nos transportam para o cinema clássico mesmo, talvez, sem querer. A trilha sonora é algo que surpreende, mesmo se tratando de um musical. As locações escolhidas da cidade de Los Angeles, na California, foi bem representada e deu mais justificativa ao seu título. Cada canção levava a cena como uma orquestra, especialmente City of Stars as letras se encaixavam perfeitamente no enredo do filme o que o torna leve e bem prazeroso de se assistir. 

http://corbinleach.tumblr.com/post/155925398956
O filme é uma mistura de sentimentos, com um começo alegre e contagiante, picos de emoção que fazem o público chegar a chorar. Talvez por abordar um assunto tão próximo a realidade de milhares de pessoas, que sonham em ser ou fazer algo por toda a vida e ter dificuldade de alcançar esse desejo, La La Land cativa até pessoas que não gostam tanto do gênero musical. É uma obra que nos fazem refletir sobre a vida real, cheia de caminhos árduos e acontecimentos indesejáveis, mas sem deixar de fantasiar sobre a magia da arte (com referência até ao estilo do pintor Van Gogh), especialmente do cinema e da música em si.

Considero La La Land um dos melhores filmes que já assisti por me proporcionar diversos sentimentos em apenas duas horas em uma sala de cinema. É o melhor que Hollywood tem a nos proporcionar. Altamente recomendo esse filme para todos vocês!


Espero que tenham gostado! Até mais!

8 comentários:

Victória Villaça Felet disse...

Sou completamente apaixonada por musicais! <3 Porém, não sou muito fã do Ryan Gosling, sinto falta de expressividade. Esse vídeo me representa -> https://www.youtube.com/watch?v=FkpCP9R1Jjc HAHAHAHAHA

Ainda assim, acredito que irei ver o filme, por curiosidade mesmo! Talvez eu me surpreenda. :P

Beijos,
Attraversiamo

Daniele Yui disse...

Tô indo assistir daqui a pouco, já to cheia de ansiedade de tanto que vejo o povo falar sobre ele! Bjo!

www.pandapixels.com.br

Gisley Scott disse...

Eu assisti esse filme em Dezembro e adooooreiii!!! Saí do cinema assobiando, cantarolando,quase sapateando!!! Os dois atores estão maravilhosos!!! O que mais gostei da história foi o fato dela ser muito real e audência poder se identififcar, diferente da maioria dos musicais onde as pessoas são todas lindas o tempo inteiro e o romance é um conto de fadas.
Beijos!
http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

Divana Barbosa disse...

Quero, quero, quero assistir!
Só o trailer me passou um monte de mensagens, imagine então o filme completo? O seu texto está maravilhoso e não espero menos do que você escreveu e do que as pessoas estão falando.

Letícia Pinheiro disse...

Olá, tudo bem? Vejo todo mundo elogiando esse filme, mas por incrível que pareça, estou um enorme pé atrás. Primeiro, porque tenho uma seria aversão a musicais, é como se High School Musical tivesse me traumatizado (rsrs). Porém tenho que admitir que sua resenha me deixou curiosa, acho que vou dar uma chance, vai que eu mudo de ideia?

Tchau e até logo

http://www.meioassimetrica.com.br/

Marcela Fabreti de Oliveira disse...

Eu não estou me aguentando de ansiedade pra ver esse filme, que eu nem conheço e já amo tanto. Ele parece ser simplesmente MARAVILHOSO, e eu sou muito bobalhona pra musicais, amo muito, amo sério <3
Sentimentaligrafia

Cleonildo Lucas disse...

Só com o trailer dá vontade de ver o filme e acredito que vale a pena assistir. gostaria também de parabenizar pelo blog de excelente qualidade.

Deise disse...

Adorei a resenha, fiquei com vontade de assistir! O blo está maravilhoso, parabéns s!!!

Postar um comentário

O que você achou sobre esse post?